Blog

Últimos posts

Casa, terreno ou apartamento: Qual o melhor para você?

Quando se pensa em investir num imóvel próprio, logo vem à cabeça a pergunta que não quer calar: Terreno, casa ou apartamento: qual a melhor aquisição? O que comprar? Como não me arrepender da escolha?

Mas se você já se perguntou isso, saiba que sempre fez a pergunta errada. A grande questão a ser debatida, não é qual destes comprar, mas sim qual a relação custo/benefício que cada opção trará para você. Contudo, a resposta também varia de acordo com o perfil do comprador e a necessidade que ele encontra no momento, além do capital disponível para investimento.

Terrenos

Dessas três opções, certamente um terreno limpo é a melhor fonte de lucro a longo prazo. Bem localizado e com boas referências, qualquer pessoa pode fazer um pequeno investimento que pode se tornar algo realmente rentável no futuro.  Muitos condomínios são construídos a partir de grandes terrenos abandonados e sem nenhum valor comercial aos olhos de leigos. Outro ponto favorável ao time dos “terreneiros”, é que se você pensa em construir uma casa neste local, poderá usufruir de cada centímetro quadrado do mesmo, e fazer a casa do jeitinho que você sonha.

O investimento em terrenos é recomendado para aquelas pessoas que têm pouco dinheiro para gastar, mas não querem deixar seu capital parado no banco, ou para aqueles extremamente detalhistas, que pretendem começar uma construção totalmente do zero.

Casas

Para quem procura liberdade, uma casa é sempre a melhor escolha.  Com o preço bem mais alto do que um terreno vazio e semelhante ao preço de um apartamento, comprar uma casa é o melhor a ser feito se você quer sossego e paz. Ao contrário de um condomínio onde você encontrará vizinhos porta-a-porta com você, o proprietário da casa possui mais autonomia e independência sobre o seu imóvel. Além disso, o dono da casa não tem necessidade de pagar a taxa de condomínio, que comumente deve ser paga por moradores de apartamento para manutenção do mesmo, salvo aqueles que têm casas em condomínios. No entanto, mesmo assim, a diferença para um conjunto de apartamentos é bastante grande.

A desvantagem de morar em uma casa é lidar com a insegurança diariamente. Em comparação com os apartamentos, os condomínios, apesar do custo mensal variável, contam com rigorosos sistemas de segurança e funcionários 24 horas por dia. Para se ter a mesma garantia de um apartamento é necessário um forte investimento em equipamentos de segurança, custeado sem divisão, como acontece nos condomínios.

Apartamentos

Como citado anteriormente, a vantagem dos apartamentos é a segurança proporcionada pela estrutura que ele pode possuir, aliada a área de lazer e serviços frequentes de manutenção. Atualmente, há mais apartamentos do que casas à venda em nosso mercado imobiliário. Portanto, na hora de investir em imóveis, o apartamento pode sair um pouco mais barato do que a casa, dependendo, claro, de diversos fatores, como a região que o imóvel estará localizado, por exemplo.

Apesar disso, nos apartamentos, a proximidade dos vizinhos é bem maior, o que para uns pode não ser um problema, para outros pode ser algo desagradável. Outro fator relevante é em relação as manutenções e taxas que podem vir a ser pagas. O custo mensal para manter as áreas comuns do condomínio é, quase sempre, dividida entre os moradores, e quanto mais áreas e serviços comuns estiverem disponíveis no seu residencial (piscina, área de festas, seguranças, câmeras, elevador, etc), mais o preço da taxa condominial crescerá.

Apartamentos são os preferidos para novos casais que estão iniciando, juntos, uma vida nova. A segurança oferecida nos condomínios acaba pesando na escolha, conflitada com a casa, principalmente se o casal pretende ou já tem filhos. Essa confiabilidade e segurança torna-se fator primordial na hora de fazer o investimento.

Terrenos, casas ou apartamentos. Cada um com seus prós e contras muito bem definidos. E você, qual o seu preferido? Deixe um comentário! 🙂

Posts Relacionados

×
Olá. Como posso ajudar?